Seja bem-vindo. Hoje é
PAGAMENTO DOS MÉDICOS QUE ATUAM NAS UTIs
Durante o seu pronunciamento na sessão ordinária por videoconferência nesta terça-feira (16), o deputado Dr. Bernardo (Avante) reforçou o apelo ao governo estadual para que atualize o pagamento dos médicos que estão atuando nas UTIs. O parlamentar disse que muitos plantonistas que estão no combate à Covid ainda não tinham recebido pelos plantões do mês de abril.
“Felizmente recebi a notícia há pouco de que as UTIs da Covid receberam o mês de abril, mas as outras que não são Covid ainda não receberam abril nem maio. Ontem conversei com um grupo de colegas médicos de Mossoró que me falaram que dos 14 ou 15 médicos da UTI, oito deles pediram para não entrar na escala de trabalho de julho, pois a UTI foi aberta no dia 7 de abril e eles ainda não tinham recebido”, lamentou Dr. Bernardo.
O parlamentar afirmou que existe um tratamento diferenciado, que quando a UTI é da rede própria estadual, o pagamento atrasa mais em relação aos profissionais que atuam na rede contratualizada. “O Hospital São Luiz, por exemplo, já recebeu os meses de abril e maio e os colegas falaram em risco de fechamento da UTI do Tarcísio Maia”, informou Dr. Bernardo.
Para Dr. Bernardo, é lamentável o tratamento do governo estadual com as empresas terceirizadas. “A lei determina que são até 90 dias pra pagar, o que não significa que o Estado tenha que esperar  90 dias para efetivar o  pagamento desses médicos plantonistas. Mais uma vez peço a sensibilidade do governo para que pague em dia e não utilize esse argumento do prazo para efetivar o pagamento dos intensivistas, em especial os que trabalham à frente da Covid”, disse.
Dr. Bernardo afirmou que espera um tratamento igualitário entre os plantonistas e que passem a receber em dia. “É o mínimo que se pode fazer com a classe médica, pagar o plantão em dia”, concluiu.
 

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.