Seja bem-vindo. Hoje é
GOVERNO PRECISA ACELERAR PROVIDÊNCIAS NO RN
A celeridade nas providências em relação ao combate da Covid-19 no RN foi tema do deputado Getúlio Rêgo na primeira sessão plenária remota da ALRN, nesta quinta-feira (23). O parlamentar criticou o governo estadual por, na sua avaliação, não estar agindo com a rapidez que deveria para melhorar a rede assistencial.
“Uma das coisas que acho mais importantes no contexto dessa luta para vencer a pandemia é a agilidade da Secretaria Estadual de Saúde na implantação das providencias necessárias, como por exemplo, habilitar diversos hospitais para atender a demanda que vai ser crescente”, observou o parlamentar. 
Getúlio Rêgo relatou que já durante a primeira reunião entre os deputados que integram a Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus e o secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, sugeriu  a expansão dos leitos em municípios polo, como  é o caso de Pau dos Ferros, cuja estrutura comportaria essa ampliação. 
“Também sugeri que o Hospital Luisa de Marillac possa oferecer os seus espaços físicos que também estão disponíveis pra alargar a rede de atendimento para uma região que converge para Pau dos Ferros, mas até hoje não houve providências”, lamentou Getúlio Rêgo. 
O deputado informou que os leitos de UTI na cidade são escassos até para a normalidade diária dos procedimentos. Outra sugestão do seu mandato que ainda não foi acolhida foi a aquisição de respiradores para os hospitais de Apodi e Caraúbas. “Há necessidade de acelerar essas medidas para salvar vidas, pois a maioria vai se curar, mas terá quadro de complicações e infelizmente a rede hospitalar não estará disponível”, preocupou-se  o deputado. 
Getúlio Rêgo também ressaltou que o momento não é de disputa política e referindo-se às emendas parlamentares, sugeriu ao governo que as prioridades sejam as da coletividade, “da população como um todo”. 
Ao final do seu pronunciamento parabenizou todos os profissionais de saúde: “Eles estão dando um exemplo de devotamento, são expostos diariamente à contaminação, que esse exemplo sirva de reconhecimento para que tenham mais dignidade na sua remuneração, pois são eles que estão no ´front´ desta guerra”, disse.
Crédito da foto: Eduardo Maia

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.