Vagner Araújo e o "Criança Feliz"

O secretário do Trabalho, Habitação e Assistência Social do RN, Vagner Araújo, e a secretária adjunta Maira Almeida, estiveram em reunião ontem em Brasília com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, por ocasião do Fórum Nacional dos Secretários de Assistência Social - FONSEAS.
Durante a reunião, o secretário Vagner Araújo fez proposições ao ministro em torno do programa ‘Criança Feliz', lançado pelo Presidente Michel Temer em 2016, que é executado em parceria entre União, Estados e Municípios e prevê a visita semanal de agentes capacitados para acompanhar e orientar famílias com dificuldades nos cuidados com as crianças, desde a gestação até a chamada primeira infância, os 3 primeiros anos.
Vagner destacou a necessidade de o ministério buscar mecanismos de integração com as áreas de saúde e educação nas três esferas de governo para que os objetivos do programa possam ser plenamente alcançados. “Quando fui prefeito de Lucrécia realizamos uma ação idêntica através da educação. Essas iniciativas têm a importância de quebrar o ciclo intergeracional de pobreza, que se perpetuou em nosso país. Avós pobres, pais pobres, filhos ainda mais pobres. Porque a pobreza dos pais faz com que não consigam cuidar adequadamente dos filhos, para estudarem e terem um futuro diferente do que tiveram seus pais e avós. Então, temos que quebrar esse ciclo vicioso perverso e dar a essas crianças a condição e a oportunidade de mudarem seu destino orientando e apoiando a família, indo à sua casa, identificando seus problemas e ajudando a superá-los. E isso se faz com ações integradas das diversas políticas públicas: Assistência Social, Saúde, Educação, Geração de Emprego e Renda, Habitação entre outras.", concluiu o Secretário.
O ministro Osmar Terra anunciou que a ajuda financeira repassada aos municípios por cada visita domiciliar realizada vai ser reajustada para R$ 10,00 atendendo ao apelo feito pelo Fórum de Secretários. “Certamente, esse novo valor eliminará qualquer resistência que estávamos encontrando nos municípios para que aderissem ao programa”, declarou Vagner.
Programa Criança Feliz
Coordenado pelo MDS do Governo Federal, o programa Criança Feliz busca promover o desenvolvimento infantil de maneira integral. O público-alvo inclui gestantes e crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e de até 6 anos que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de gestantes e crianças de até 6 anos de idade em serviço de acolhimento, afastadas do convívio familiar por medidas protetivas, também recebem as visitas.
Em todo o Brasil, 2.624 municípios aderiram ao programa que presta ações nas áreas de saúde, assistência social, educação, direitos humanos e cultura, orientando as famílias sobre a melhor maneira de estimular o desenvolvimento dos filhos. No país, 1.619 cidades recebem a visitação domiciliar.
O programa ‘Criança Feliz’ é coordenado no RN pela SETHAS que realiza a mobilização, capacitação e supervisão do programa em todo o estado. Pelo menos 138 municípios estão aptos a aderirem ao programa e se habilitar à ajuda financeira repassada pelo governo federal.




0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.