Seja bem-vindo. Hoje é

Getúlio Rego fala de Manifestações

O deputado Getúlio Rêgo (DEM) declarou seu posicionamento relativo ao pacote de medidas econômicas enviadas à Assembleia Legislativa pelo Governo do Estado e saiu em defesa da classe médica. Em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (30), o parlamentar também defendeu a classe médica citando o que classificou como pequeno avanço na remuneração da categoria em comparação com os servidores estatais da área jurídica.
“Desde o primeiro momento que declaramos a nossa posição. Eu nunca votei nessa Casa contra servidor público e nem vou fazê-lo, apesar de alguns movimentos que tentam a preservação das conquistas dos servidores ser oportunizado por pessoas despreparadas para o exercício da democracia”, disse o deputado.
Getúlio Rêgo falou ainda sobre como foi hostilizado na manhã de ontem, terça feira (29), quando foi impedido de entrar na Casa Legislativa. Disse que foi cercado por dezenas de manifestantes e, mesmo tendo posição igual aos servidores, em defesa dos direitos adquiridos de todos eles, alguns “baderneiros fizeram um movimento danoso à democracia”.
Em aparte, o deputado Hermano Morais (PMDB) se solidarizou com Getúlio Rêgo e disse ter posicionamento igual quanto aos servidores e comunga da opinião que “não será penalizando os servidores que os problemas do estado serão resolvidos. O Governo não justificou ainda a sua presença enquanto gestão, permitindo que o estado chegasse a essa situação tão preocupante”, falou Hermano Morais. O deputado José Adécio (DEM) também aparteou o pronunciamento de Getúlio lamentando a ação de alguns manifestantes.
O deputado, que é médico, defendeu a categoria, citando o que classificou como pequeno avanço na remuneração da categoria em comparação com os servidores estatais da área jurídica.
“A classe médica, que teve um pequeno avanço na sua remuneração, tá sendo ameaçada de ficar com menos de 50% da remuneração de um profissional da área jurídica do estado. O médico cuida de vidas e hoje, no final de carreira, vai ganhar metade do que ganha qualquer profissional estatal da área jurídica”, disse o deputado.
Crédito da Foto: Ney Douglas
AnteriorPagina Anterior Proxima Pagina Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.