Mártires de Cunhaú e Uruaçu

Nesta Terça (03) será feriado no Rio Grande do Norte em homenagem aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. Com isso comércio não funcionará para atendimento ao público. A lei que originou o feriado de 3 de outubro no Estado é de autoria do deputado José Dias. Ela foi aprovada pela Assembleia Legislativa e promulgada pela então governadora Vilma de Faria em dezembro de 2006. O feriado estadual do dia 3 de outubro é uma homenagem aos mortos durante dois massacres.
O território são-gonçalense foi banhado com muito sangue, quando no dia 03 de outubro de 1645 ocorreu o ‘Massacre de Uruaçu’, onde 28 cristãos foram mortos por índios e soldados holandeses.
Um ocorrido na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho Cunhaú, no município de Canguaretama, e o outro na Comunidade Uruaçú, em São Gonçalo do Amarante. No total, 151 pessoas foram cruelmente assassinadas por soldados holandeses e índios. O massacre ocorreu em 1645 e teve como destaque as figuras do Pe. André de Soveral e o camponês Mateus Moreira, que teve o seu coração arrancado pelas costas, enquanto repetia a frase “Louvado seja o Santíssimo Sacramento”.Em homenagem ao morticínio, foi erguido um monumento na localidade de Uruaçu, próximo aonde ocorreu o martírio, denominado ‘Monumento aos Mártires’, que foi inaugurado no dia 05 de dezembro de 2000 com a presença de aproximadamente 15 mil pessoas, incluindo diversas autoridades eclesiásticas e governamentais.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.