Plano Nacional de Segurança

O governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria e o ministro da Justiça Osmar Serraglio se reuniram na noite desta terça-feira (21) para discutir a aplicação e as metas do Plano Nacional de Segurança. A audiência foi realizada em Brasília. O RN será o primeiro estado a receber as ações do plano, lançado no início de fevereiro no estado, e cujo foco é o combate à criminalidade.
De acordo com as diretrizes do Plano, policiais militares, civis e peritos do Departamento da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) reforçarão as operações conjuntas para reduzir homicídios dolosos, feminicídio, reduzir os índices gerais de crimes violentos letais intencionais (CVLI) e combater de forma integrada o crime organizado.
Na reunião, Robinson Faria solicitou que fossem disponibilizados os recursos para mobilizar os 240 PMs e 60 policiais civis e peritos, conforme pactuado com o Ministério da Justiça dentro do escopo do Plano Nacional. A rubrica representa investimento superior a R$ 2,7 milhões.
 
 Fotos: Isaac Amorim/ Ministério da Justiça

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.