Pagamento depende da Receita

Com uma folha salarial girando em torno de R$ 410 milhões ao mês, o governo do Estado aguarda a complementação dos repasses federais, especialmente do Fundo de Participação dos Estados, e do fechamento da arrecadação do mês, notadamente do ICMS, para anunciar o calendário de pagamento dos servidores públicos estaduais, referente a maio. Por intermédio de sua assessoria de imprensa, o secretário estadual do Planejamento e das Finanças, Gustavo Nogueira, informou, também, que depende do comportamento das receitas, o anúncio da data de pagamento da primeira parcela do décimo-terceiro salário, que tradicionalmente é feito no dia 30 de junho.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.