NA SALA COM...

Francisca Vilma de Freitas Paiva
Prazer, sou: Francisca Vilma de Freitas Paiva. Filha de Raimundo de Freitas e Antônia Hermínia de Paiva (In Memorian).
Profissão: professora.
Acredito: plenamente em Deus, porém nada tem mais valor do que a família.
Ainda vou conseguir: Vários sonhos profissionais, viajar e conhecer novos lugares.
Não faça comigo: agir com arrogância.
Vou trazer do túnel do tempo: todos os ensinamentos dos meus pais.
Faço todos os dias: agradecer a Deus pelo dom da vida.
Uso meu celular para: fazer trabalho, fazer pesquisas e para falar com as pessoas amiga e familiares.
Acredito que: Deus tem um propósito para cada pessoa, basta buscá-lo.
Encontro no caminho: dificuldades que me fazem engrandecer espiritualmente.
Tiro das dificuldades: motivação para continuar a vida.
Tenho certeza que fiz: por onde passei fiz o melhor para que todas as pessoas que convivessem comigo se sentissem felizes.
Felicidade é: amar e se sentir amada.
Sou movida: pelo amor, sonhos e esperança. Pelo desejo de sempre buscar e conquistar as melhores coisas.
Quero contar para alguém: o quanto Deus é maravilhoso e muitas vezes não conseguimos enxergar isso.
Minha frase: “Meu coração está em festa e minha alma transborda de alegria.
Tenho na palma de minha mão: que nada é impossível quando acreditamos em Deus”.
Durmo e acordo: agradecendo a Deus por mais um dia. Aleluia! Aleluia!
O melhor conselho: que cada pessoa viva a sua vida do jeito que se sentir feliz.
Está depositado em mim: esperança que as pessoas busquem mais Deus.
Espero do futuro: menos individualismo, mesmo sabendo que o futuro a Deus pertence.
A melhor vitória é aquela: é aquela conquista pelos próprios méritos.
Melhor lembrança: os ensinamentos dos meus pais: humildade e honestidade.
A palavra do meu dicionário é: fé, alegria, amor, esperança, sonhos...
Não farei por nada: mentir, pois a verdade prova o bom caráter de um indivíduo. Eu prefiro a verdade, apesar de que na maioria das vezes seja difícil expor.
As mudanças são necessárias: para amadurecimento e novos crescimentos.
Para meus amigos eu digo: que temos a vida que quisemos construir, pelo menos boa parte. Não deve haver espaço para acomodação em nenhum setor em nossa vida. Cada um carrega o dom de ser capaz e ser feliz. Penso assim e fiz disso prática em minha vida. Deus no comando, é claro.
Aprendi com meus pais: o senso de justiça e a lealdade.




0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.