Seja bem-vindo. Hoje é
FELIZ QUARTA-FEIRA

PATRONESSE DA "NOITE DO GUERREIRO/2020"
ZENEIDE MENEZES
PATRONESSE DA "NOITE DO GUERREIRO/2020"
CLEIDE AMORIM
QUARTA E QUINTA VERDE E VERMELHA NA REDE 10
 

NOITE DO REENCONTRO EM FLORÂNIA
OBRIGADO PELO CONVITE

GETÚLIO REGO COBRA REPASSES DE RECURSOS
Em pronunciamento realizado na sessão plenária desta terça-feira (12) na Assembleia Legislativa, o deputado Getúlio Rêgo (DEM) cobrou do governo do Estado os repasses, de forma imediata, dos recursos direcionados para o Hospital Infantil Varela Santiago. De acordo com o parlamentar, existe um perigo iminente das cirurgias realizadas naquela unidade hospitalar serem suspensas em virtude desse atraso.
Getúlio denunciou ainda que até agora o contrato do Hospital Varela Santiago não foi assinado com o governo. “Tudo parece estar sendo feito propositalmente. Bloquear o atendimento do Varela Santiago é um crime contra as crianças do RN. Além disso, está faltando respeito com a instituição e com um trabalho sério que é desenvolvido naquela unidade hospitalar”, disse Rêgo.
O parlamentar cobrou o cumprimento da palavra dada, por parte da governadora, Fátima Bezerra, e do secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, à direção do Hospital Infantil Varela Santiago, no dia 1º de julho.
“Há mais de cinco meses esse processo roda de um lugar para outro dentro da secretaria de saúde. Tenho informações que o contrato do Varela Santiago já sofreu 67 migrações de setores, mas que desde o dia 6 de novembro está pronto no gabinete do secretário e até agora não foi concluso”, denunciou Getúlio.
Por último, o parlamentar lamentou o fato de ter recebido do secretário de saúde do Estado, durante reunião realizada com os relatores do Plano Plurianual (PPA) e na Lei Orçamentária Anual (LOA), da Casa Legislativa, na tarde da última segunda-feira (11), a informação e confirmação do fechamento do Hospital Ruy Pereira nos próximos dias.
“Tudo isso é uma vergonha. É preciso que a governadora tome uma atitude e pense um pouco nessas pessoas que estão morrendo nos corredores dos hospitais do nosso Estado”, finalizou Getúlio.
Sobre o assunto, os deputados Hermano Morais, José Dias (PSDB), Coronel Azevedo (PSC), Nelter Queiroz (MDB) e Tomba Farias (PSDB) corroboraram com o deputado Getúlio sobre a falta de eficiência do governo do Estado com a saúde pública do Rio Grande do Norte.
“Não é ineficiência da burocracia. Isso é canalhice. São facínoras covardes que eram para estar ajudando e estão atrapalhando o funcionamento dos hospitais. Tá faltando uma atuação incisiva com todos os temas relacionados à saúde desse Estado”, resumiu o deputado José Dias.